quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Urano - A Libertação do Karma

 
 
Urano, regente de aquário, é o planeta que representa como se manifesta o desejo de liberdade e individualidade de uma pessoa, mostra como ela estabelece sua ligação com o plano mental do universo, como se conecta com as idéias originais e abre sua intuição para compreender a vida e solucionar seus problemas. No mapa astral, urano mostra o trabalho e o propósito da alma na encarnação presente e onde está a libertação dos limites kármicos do passado, para que possamos ir além nos processos evolutivos. Urano é o único planeta que "liberta karma" porque traz mudança dos ventos, quebra estruturas, rompe e libera o ego das percepções superficiais impostas por saturno, o tempo, a razão, os necessários limites sociais. Urano abre as brechas para o inconsciente, altera o estado de consciência, forçando a uma releitura da realidade mais sintonizada com a verdade universal. Atuando através do nível mental da personalidade, rompe condicionamentos, capta novos valores e re-elabora os significados e as experiências da vida. Mas cuidado, acessar os motivos inconscientes e liberá-los na personalidade, é uma elaboração que exige equilíbrio com o tempo e as circunstâncias sociais do presente, mas certamente se evidenciará no movimento dos ciclos da vida.
É bom lembrar das lições da mitologia. Urano é um deus primordial, nascente do caos e representa o espaço. É o céu que cobre Géia, a terra fecunda, e com ela tem filhos ininterruptamente. Ë a criatividade intensa, a inspiração do universo com a velocidade da luz. Representa a criação sem medida e sem diferenciação, que acaba destruindo o que cria por sua própria energia abundante. Pois Urano deu vida a uma prole de monstros que foram todos rejeitados e devolvido ao útero de Géia. Esse processo só foi interrompido com Saturno, filho de Urano, que castrou o pai para dar limites ao sofrimento da mãe. E a grande moral dessa estória, é que das espumas da castração nasceu Vênus, a deusa da beleza. E assim o espaço cede ao tempo um lugar no universo e pelos limites da beleza traçam as formas no movimento contínuo da evolução.
E essa é a grande gênese do belo e da vida! Quando nos conscientizamos dessa equação tempo e espaço, e que precisamos ser criativos em meio aos limites da realidade, o sentido de transgredir interna ou externamente, da lugar ao transcender e reestruturar as formas vigentes. Aí sim, percebemos e descobrimos que revolucionar e renovar não significa destruir, que romper o karma não é deixar de ser, mas passar a ser. Pois "o belo", o ideal da evolução, toma forma muito mais harmoniosamente quando o novo vem como decorrência do antigo. Precisamos seguir rumo ao futuro, rumo à evolução. As idéias não param, o tempo não para. Precisamos renascer das espumas da castração, dos limites do karma, os velhos modelos, como Vênus maravilhosa das espumas do mar. E este é o desafio! Cortar em nós o falo falido, o poder degenerado dos hábitos viciados e mofados. Ou será que vamos esperar que os raios do céu, os trânsitos de Urano, caiam em nossas cabeças para nos forçar as mudanças? Está chegada a hora! A era de aquário nos espera. Vamos agir!

Maria Ramagem
 
Leia mais sobre como Urano age em cada casa astrológica, clique aqui.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá, Walkiria! Sim, existem rituais sim.. mas a melhor maneira de se 'quebrar" um karma, é compreendendo, perdoando e amando. Sempre! :)

      Excluir

Paz profunda!!!

Um espaço criado para a publicação de textos referentes a Astrologia - a Ciência mais antiga da Humanidade.